Honre e respeite as suas origens

Por: Fabiano Lacerda


Você já percebeu como o mundo é extremamente diverso? Considero isso algo fantástico! É muito interessante perceber como cada povo lida com as suas dores, festeja as suas conquistas e realiza as suas crenças e tradições. Foi pensando nisso que resolvi escrever este texto, para te contar a respeito da importância de honrar e respeitar as nossas origens, sejam elas quais forem.


Quando o processo de coaching é trabalhado de forma séria, é possível chegar a resultados e a lugares extraordinários. Um desses lugares é chamado de luz e sombra. Luz e sombra são metáforas que nos auxiliam a entender a nossa dualidade existencial. Existem muitas teorias e filosofias que dão outros nomes para esse simbolismo, provavelmente a versão mais conhecida seja a da tradição oriental: o yin e yang.


Independentemente da versão que você conheça, esse princípio nos faz compreender que somos, ao mesmo tempo, pessoas admiráveis e pessoas ruins. Que somos iluminados, mas também sombrios. Compreender a profundeza disso nos permitirá atingir um bom nível de autoconhecimento. Contudo conhecer a si mesmo é extremamente doloroso, pois à medida que procuramos a nossa luz encontramos também a nossa sombra. Mas te garanto que o autoconhecimento é uma das mais enriquecedoras experiências humanas.


Diferente do que muitas pessoas pensam, a nossa dualidade não está escondida. Ao contrário, ela está exposta, e tenha certeza que os outros indivíduos que nos rodeiam a veem com muita clareza. No entanto, quando não aperfeiçoamos o autoconhecimento, temos dificuldade em enxergar essas nossas próprias características.


Alguns enxergam em si mesmos apenas a sua luz e veem nos outros apenas sombras. Já outras pessoas enxergam apenas sombras em si e não conseguem encontrar os seus potenciais, a sua bondade, a sua luz. Nos dois casos, há um problema a ser enfrentado, pois as nossas sombras – ou seja, o nosso lado ruim – fazem parte de quem somos.


É muita ingenuidade de algumas pessoas quererem se desconectar das suas sombras, acabar com elas, simplesmente eliminá-las. Essas sombras são parte de nós e da nossa personalidade, entretanto temos o dever de aprender a lidar com elas e nunca permitir que sejam dominantes nas nossas vidas.


Por isso considero extremamente importante honrarmos e respeitarmos a nossa cultura e as nossas tradições, pois elas ajudaram a nos moldar. Existe uma boa frase para pensarmos sobre isso. Deepak Chopra faz a seguinte afirmação no livro “Efeito Sombra”: “O primeiro passo para derrotar a nossa sombra é abandonar todas as expectativas de derrotá-la, quem falar em vencê-la já perdeu”.


Desde pequenininhos fomos criados para acreditar que o bem vence o mal. Na verdade, o certo é que esse “mal” não deve ser derrotado e vencido, mas, sim, deve ser compreendido e, se necessário, ajustado, já que ele nos constitui, ou seja, faz parte de nós. É um conflito que somente se vence com a integração, nunca com a separação.


Independentemente da cultura e da tradição, qualquer um de nós somos cercados de ambiguidade. Somos pessoas de luz, incrivelmente capazes, admiráveis, bondosas, inteligentes, iluminadas. Por outro lado, somos igualmente sombrios, terríveis, cruéis, muito ruins e obscuros. Todas as experiências pelas quais passamos foram essenciais para nos transformar. Note que foram os nossos erros, fracassos e frustrações que nos ensinaram a levantar e dar a volta por cima. Com isso, quero te lembrar que simplesmente aceitar a sua sombra e não tomar uma atitude para ser um indivíduo melhor será como um tiro no pé, não servirá de nada. Existe uma diferença grande entre compreender a existência desse lado ruim e não fazer nada além de compreender e não tomar uma atitude.


Vá por mim, quando agimos efetivamente de forma consciente, começamos a nos enxergar com mais amor e somos menos duros, ou seja, nos culpamos cada vez menos pelos nossos erros, já que fizemos o que estava ao nosso alcance. Por isso insisto que é importante honrar e respeitar tudo o que foi vivido e o que ainda vai ser vivenciado ao longo de nossas histórias.


Um dos grandes ensinamentos que costumo compartilhar é exatamente este: honrar e respeitar a sua luz e a sua sombra. Agora que você já sabe a seriedade dessa ação, vou dividir algumas dicas de como você pode ser uma pessoa melhor: nunca se esqueça da família de onde você veio; quando se sentir desanimado, lembre-se das suas vitórias e conquistas, o que já fez e o que ainda vai fazer; tente, ao máximo, não se culpar ou julgar excessivamente as suas ações, comportamentos e pensamentos; sempre respeite a história das pessoas ao seu redor, escute-as e evite todo e qualquer tipo de julgamento; seja grato a todas as coisas que acontecem em sua vida; e ouse ir além! Sem esquecer que somos os resultados das nossas próprias escolhas!


Um dos grandes ensinamentos que costumo compartilhar é exatamente este: honrar e respeitar a sua luz e a sua sombra.

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png