Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png

Fé & Futuro

Atualizado: 31 de Out de 2019



Por Maurício Magalhães


Fé e progresso são antagônicos? Acho que não. Por mais pragmáticos ou místicos que sejamos, esse é um conflito que todos vivemos. Em nossos medos, fantasmas, inseguranças, especialmente as que nos tiram o sono em relação ao futuro, buscamos responder sempre espremendo a razão e a emoção. Traduzindo: tentando dar lógica aos nossos conflitos e, ao mesmo tempo, duelando com a superstição.


Nas angústias procuramos soluções de difícil respostas, em questões do tipo o que devo fazer? Como devo ser? Ou mais aflitivas, por que está acontecendo isso comigo? E ainda: Por que o Brasil não avança como sonhamos? Questões que nos assombram diariamente. São questões humanas, mas como atenuá-las ou respondê-las?


Somos brasileiros e como povo essa dicotomia, fica muito mais evidente. Somos o país do Círio de Nazaré, da Lavagem do Bonfim, do candomblé, dos evangélicos, e também o país do Hospital Einstein e da Embraer. Somos a Bahia da Fé de Irmã Dulce e da ciência de Dr. Elcimar Coutinho. Esse olhar evidencia que as respostas sobre Fé e Progresso ou Fé e Prosperidade fazem parte de um todo.


Aí vejo um possível caminho de tentar compreender ou dar algum sentido a questão se Fé e Progresso trilham juntas para construção de futuros. E tentar nos dar no dia a dia mais respostas do que medos, mais caminhos que angustias.

Ter FÉ & FUTURO, significa ter sonhos e propósitos firmes na evolução e transformação do coletivo.


Para ter sonhos realizados é preciso transformá-los em projetos, projetos em ações, ações em trabalho, trabalho em esforço. Ter esforço é ser resiliente, é não desistir. As coisas não acontecem por si só. A sequência acima é quase uma equação. Garante fortes chances de que sonhos virem realidade, que futuros desejados aconteçam.


Irmã Dulce, nossa Santa Dulce, só teve Fé? De jeito nenhum, sua vida foi de trabalho resiliente, com crença em suas conquistas a base de muito esforço, em ações cotidianas que construiriam o milagre do Hospital Irmã Dulce, nosso Eisntein dos Pobres. A serviço de Deus? Pode ser, mais especialmente do próximo. Seu sonho se materializou.


A Fé guiou e um dos maiores cientistas do mundo Dr. Elcimar Coutinho em suas contribuições para humanidade? Nunca o ouvi falar a respeito, acho que não. Mas em suas pesquisas na invenção da pílula feminina, e na sua luta pelo controle de natalidade seguramente teve um propósito: o próximo. Deu sua contribuição a humanidade.

Ambos se guiaram por princípios semelhantes: fazer o melhor pra mudar a realidade do mundo, com propósitos claros de melhorar a vida das pessoas. O mundo conspirou a favor deles? Ou o contrário? Foram missionários de seus sonhos.


Acho eu que, o sonho que ambos perseguiram virou realidade pela escolha de um caminho comum: a obsessão de construir um futuro melhor para milhões de seres humanos.