Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png

Eu, a minha fé e a Bahia






Por: Ildazio Tavares


Por algum tempo fui meio disperso em relação à fé! Não que a desprezasse , mas era mal aproveitada, pouco trabalhada e não atentava para a importância de acreditar, o máximo possível, em mim, nas minhas capacidades e que poderia conseguir aliado à ponderosa e forte energia da fé! Eu era meio solto, mas não sou mais. Foi preciso um momento de dificuldade para entender o quanto eu precisava dela e que eu seria o meu próprio salvador e provedor, ninguém mais. Deus escreve correto por linhas tortas, não é isso?


Essa retomada de fé passa também pela minha volta ao rádio e, por coincidência ou não, uma emissora da igreja católica, a Excelsior FM! Engraçado que foi uma espécie de volta as origens religiosas, afinal sou Católico Apostólico Romano com direito a pia baptismal, primeira comunhão e escola de padres por uns bons anos, daí, aos 10, meu pai me apresentou ao candomblé pelo qual sou fascinado, e, aos 40, minha mãe me levou ao espiritismo, que adoro. Enfim, qual a sua religião Ildazio? Ah, eu sou baiano!


A Bahia é isso! uma mistura de religiões que deu muito certo, pois aprenderam a conviver pacificamente neste país laico e essa fé que essas tantas vertentes religiosas carregam formou um Estado lindo, cultural, atraente e, acima de tudo, muito místico, sem falar que agora fomos premiados com a beatificação de Irmã Dulce, mais uma benção à nossa terra maravilhosa que precisa apenas trabalhar contra o eterno complexo de vira-lata!


Somos uma terra fantástica e temos que parar com essa mania de achar que enquanto o mundo todo nos quer, nós nos julguemos menores, piores ou a grama do vizinho mais verde! Claro que somos um Estado nordestino com todas as suas limitações que impedem maiores passos, pois não temos parque industrial, nossa agroindústria sofre com as secas e poucos recursos de investimento por parte do governo, mas não podemos, de maneira nenhuma, deixar isso aplacar nossa capacidade de mudar tudo e investir no que somos bons, pois vendemos um estilo de vida que envolve a natureza, a arte, cultura, entretenimento e uma tal “baianidade”, únicos no mundo e que encanta a todos! Plantando (investir em educação, digo!) hoje e somando com o que já temos e esbanjamos, seremos uma verdadeira potência!

Por isso que decidi, há um bom tempo ter muita fé - em todas as vertentes - em mim e em minha Bahia que tanto amo! Agora convoco a todos para engrossarem essas fileiras e fazer o mesmo, sempre entendendo que cajueiro não dá abacate mas somos melhor que existe em termos de caju e tendo muita fé, pois como diria Barak , YES, WE CAN!