Especial Business: Roberto Duran



Apesar de ser formado em Administração pela Universidade Católica do Salvador (UCSal), o turismo entrou na vida do empresário Roberto Duran desde muito cedo. Com apenas 16 anos, já trabalhava como recepcionista do Praiamar Hotel, passando depois para controller do Marazul Hotel. Aos 18 anos, ocupava a direção operacional, administrativa e financeira da LR Turismo, empresa que adquiriu, à época, em parceria com outros dois sócios.


Porém, mesmo ocupando cada vez mais espaço no negócio, Roberto conta que tinha certa inquietação interior, típica de quem sabia que ainda não havia alcançado o que queria. Em 1996, enxergando o crescimento do mercado do turismo de negócios, abriu a RD Consultoria e Eventos, na qual passou a operar na captação e organização de congressos no Brasil e no exterior. Com o tempo e a visibilidade no meio, abriu mais uma empresa, a Step by Step Viagens e Turismo, focada na logística dos eventos – ambas voltadas para uma melhor execução e gestão de congressos e eventos, o que se propôs a realizar com excelência.


Nascia, então, o grupo GT5 Brasil, com escritórios em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro e com o foco em soluções completas para eventos, congressos e convenções. Observando que o turismo em Salvador e na Bahia não estava em bom momento, Roberto se empenhou em impulsionar a capital baiana como destino nos principais centros emissores de visitantes no país e no exterior, não somente para congressos e eventos, mas também como destino para os demais segmentos do setor.


Para tanto, o executivo auxiliou Paulo Gaudenzi – a quem se refere carinhosamente como “saudoso mestre” – na qualidade de seu vice-presidente na Associação Destino Salvador da Bahia, a Salvador Destination, que surgiu em 2014. Já em 2016, Duran embarcou em mais dois novos desafios como presidente do Conselho Baiano de Turismo (CBTur) e da Associação Brasileira das Empresas Organizadoras de Congressos - Regional Bahia (ABEOC-BA). Dois anos depois, assumiu a presidência da Salvador Destination. Atualmente, também é vice-presidente de Relações Institucionais da Unedestinos, entidade que congrega todos os Convention Bureau e entidades de destinos do Brasil.


“Nossa atividade teve um impacto negativo antes de 2017. Entre 2014 e 2015, com a decisão do Governo Federal de reduzir os recursos direcionados à pesquisa e extensão, as empresas que trabalhavam com captação e organização de eventos sentiram uma retração em cerca de 70%. No caso da minha empresa, que tinha como foco de atuação os congressos técnicos e científicos, o impacto foi bem maior, o que me levou a fechar os escritórios do Rio de Janeiro e de São Paulo”, conta o empresário sobre a época de crise.


Foi a partir daí que Duran decidiu que era a hora de unir esforços pelo turismo. Engajou-se em diversas entidades do setor, por acreditar que o associativismo é o caminho para enfrentar dificuldades e buscar soluções.


Além disso, o empresário afirma que os anos de 2017 e 2018 foram o início da recuperação do segmento em todo o país, mas a capital baiana continuava a enfrentar dificuldades por falta de um centro de convenções, equipamento primordial para a atração de eventos. Agora, ele avalia que a situação, no entanto, deve mudar com a inauguração do novo equipamento, construído por iniciativa da prefeitura da capital.


“As expectativas são otimistas, principalmente a partir do segundo semestre de 2020, quando o novo centro de convenções da cidade estará em pleno funcionamento. O turismo é uma atividade que vende sonhos, experiências positivas. Mesmo na crise, as empresas do ramo se mantiveram firmes, fazendo a sua parte, requalificando os seus funcionários e os seus produtos, buscando novas oportunidades de negócio”, reafirma.


Para Duran, com as obras de requalificação da Orla, ruas e praças, além da inauguração de diversos atrativos culturais, a exemplo da Casa de Jorge Amado, da Casa do Carnaval, do Espaço Pierre Verger de Fotografia e do Espaço Carybé das Artes, Salvador voltou a chamar a atenção e a atrair turistas. “Isso é muito importante para os 52 segmentos econômicos que dependem do turismo. Uma cidade mais bonita e cuidada também eleva a autoestima dos seus moradores, o que se reflete no tratamento que dispensamos ao visitante”, pontua.



Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png