Especial Business: Pedro Valente



Pedro Valente é alguém que gosta de se relacionar com outras pessoas e vê em cada ser humano um universo particular que tem muito a ensinar. Curioso e criativo, ele sempre gostou de contar histórias. Talvez tenha sido exatamente isso que o levou ao mundo da propaganda, onde boas histórias são contadas em um breve espaço de tempo. E ainda vendem.


Seu plano inicial era ser médico, mas acabou investindo tempo demais fazendo caricatura dos colegas na escola. Aí a Medicina ficou para trás e a comunicação foi o caminho natural de sua vocação. Formou-se em Publicidade pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL), passou por agências como Ideia 3, Propeg e SLA, recebeu prêmios na área e, em 2005, fundou junto com Danilo Brito a Boanova Propaganda. Hoje, atende clientes como Colégio Anchieta, Continental Pneus, Honda Motos, Sennheiser, Fundação José Carvalho, Civil Construtora, Boulevard Shopping Camaçari, Singular Pharma, Studart & Studart, além de prefeituras do interior da Bahia.


Pedro é também escritor de contos e crônicas, tendo lançado no Instagram a primeira “instanovela” de que se tem notícia: “Pablo e Alice”. “Em abril de 2019, minha mãe adoeceu. Nas noites que eu passava com ela na UTI, ficava atento ao monitor que mostrava a sua saturação de oxigênio, pois não podia cair abaixo de certo limite. Aqueles números, bipes e linhas repetitivas na tela monocromática eram inimigos da minha vigília e eu tinha medo de dormir. Então, passei a levar meu computador para o hospital e comecei a escrever um microconto de amor, com o único objetivo de me deixar acordado durante aquelas noites desconfortáveis. Pablo e Alice, sem jamais imaginarem, tornaram-se para mim dois amigos em um momento em que a fantasia era muito mais fácil do que a realidade”, pontua Pedro, emocionado.


Para ele, 2017 e 2018 foram anos difíceis para quase todo mundo. Nas agências de publicidade, o impacto talvez tenha sido ainda maior: muitos clientes fecharam as suas torneiras de investimento no segmento e alguns deles até deixaram de existir. Além da própria crise, o fortalecimento das redes sociais criou a falsa sensação de que estava ali a fórmula mágica da comunicação, onde se investe quase nada para estar presente em plataformas como Instagram e Facebook.


“Para vencer esse grande freio no mercado de publicidade, a Boanova deixa um pouco para trás o seu DNA de agência tradicional para ser uma usina de ideias e soluções criativas para os seus clientes; mergulhar no universo do cliente, vencer com ele as suas problemáticas de comunicação e desafios de marketing. Acreditamos que a chave para tudo está na boa ideia. A criatividade não está a serviço apenas da publicidade, mas também do próprio negócio de cada um dos clientes”, pontua.


O mercado de publicidade só avança quando todos os outros avançam juntos. Por isso, para os próximos dois anos, Pedro acredita que são três as palavras de ordem que precisam ser a tônica das ações: união, acreditar e coragem.


“Definitivamente, o mercado publicitário baiano não é dos mais fáceis. Diferentemente daqui, nos Estados Unidos as contas publicitárias são atendidas por regiões e não ficam concentradas apenas em um polo. No Brasil, mesmo com culturas tão distintas, as contas de grandes marcas seguem sendo atendidas apenas em São Paulo. É por isso que quando vemos uma marca nacional querendo comunicar que chegou à Bahia, veiculam para nós mesmos pessoas falando ‘oxente’, ‘meu rei’, ‘bichinho’. É como o paulista vê o baiano, mas não como o próprio baiano se vê. A regionalização da comunicação é um caminho natural de amadurecimento que vencerá o lobby das grandes redes de comunicação do eixo Sudeste”.


Para ele, é fundamental compreendermos que não estamos sozinhos nesse mercado e, para crescer, precisamos dar as mãos. “É preciso acreditar: o baiano é um povo criativo de berço, que gosta de inovar, de criar moda para o Brasil e, sim, é um mercado de mais de 15 milhões de pessoas. É necessário vestir-se de coragem: sem o medo a gente anuncia; sem o medo a gente compra; sem o medo a gente vende; sem o medo nossa economia se fortalece; sem o medo todo mundo cresce”, finaliza.

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png