Especial Business: Mauro Cardim



Administrador e bacharel em Direito de formação, Mauro Cardim se considera um cidadão inquieto e constantemente inclinado a trabalhar na superação dos desafios individuais e coletivos que aparecem ao longo da vida. Ele destaca especialmente as questões ligadas ao desenvolvimento econômico-social sustentável e ao meio ambiente. Começou a trabalhar aos 12 anos, em diferentes áreas e segmentos. Foi de jornaleiro à indústria do entretenimento, do marketing esportivo à gestão comercial.


Conta que o descaso da sociedade com as questões ambientais sempre o incomodou. Lembra que quando acompanhou a realização da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento no Rio de Janeiro (Rio92) pelo noticiário, entendeu a razão pela qual o Brasil recebia presidentes, chefes de Estado, cientistas, representantes de organizações não governamentais e ambientalistas de todo o planeta para discutir o tema da ecologia. Isso o tornaria um ambientalista por desejo.


Realizada em junho de 1992, a conferência marcou a forma como a humanidade encara a sua relação com o planeta. Passados mais de 15 anos daquele evento, conheceu o trabalho desenvolvido pela Organização Social de Interesse Público (OSCIP) Rio Limpo na defesa do Rio Joanes, cuja foz está em Buraquinho, em Lauro de Freitas. Assim, Mauro abraçou a causa ambiental com muita dedicação. Mas sem abrir mão da vida empresarial e de iniciar um ciclo importante na vida pública.


Em 2018, foi convidado para assumir a Secretaria Municipal de Planejamento (SEPLAN) de Lauro de Freitas, onde vivenciou o bônus e o ônus de enveredar pela gestão pública. Lá, colaborou para implantar uma visão metropolitana para a solução de problemas comuns aos treze municípios que integram a Região Metropolitana de Salvador (RMS).


“Não há mais espaço para a busca de soluções que não contemplem a convergência de experiências múltiplas na gestão pública e precisamos quebrar as barreiras impostas pelas siglas partidárias. Sem dúvida, a experiência obtida como curador técnico de diversos seminários e os resultados apresentados ao final de cada um dos trabalhos desenvolvidos reforçaram e revigoraram a minha enorme vontade de continuar trabalhando em prol do desenvolvimento sustentável da RMS, e na recuperação dos nossos rios; somente o Rio Joanes, como exemplo da sua importância, responde por cerca de 40% do abastecimento de água potável para a região”, afirma.


Para Mauro, o cenário de turbulências dentro e fora do Brasil nos últimos dois anos refletiu na tomada de decisões empresariais compulsórias. Ele avalia que a iniciativa privada sofreu uma guinada de 180 graus. Como administrador, à frente da Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Inovação de Lauro de Freitas, pôde trabalhar com conhecimento de causa.


“Quando dirigi a SEPLAN, as áreas de planejamento, desenvolvimento sustentável, qualificação da equipe, pesquisa e inovação já integravam o dia a dia do nosso ofício. O trabalho quase impossível era fazer a cultura do planejamento chegar às demais secretarias da gestão. Existem, ainda, pessoas capazes de fazer ‘uma revolução’ para que tudo continue exatamente igual no funcionalismo público. Para que não percam o controle e o comando. Todavia, precisamos mudar isso”, defende o ex-secretário.


Após deixar a vida pública, Mauro Cardim fundou e passou a presidir o Instituto Metropolitano de Desenvolvimento Econômico-Social e Inovação (IMDI). Assim, tem trabalhado na direção da pesquisa, do estudo de alternativas tangíveis para ajudar a gestão pública com uma visão metropolitana. Lembra, no entanto, que a quebra de paradigmas depende também de uma convergência empresarial para o entendimento de que a causa social é do interesse de todos.


Para o futuro, Mauro destaca a importância do período eleitoral que está por vir. “Em 2020, acontecerão as próximas eleições minoritárias, uma oportunidade para a implantação de uma nova cultura de gestão pública, na qual a política partidária dê lugar às políticas públicas. A sociedade tem pressa na solução das suas demandas básicas, asseguradas pela Constituição”, conclui o administrador.

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png