Especial Business: Maurício Magalhães



Maurício Magalhães descobriu que está sempre no futuro desde que começou a compreender e refletir minimamente sobre as coisas da vida. Dia após dia, sempre desenhava cenários futuros e algo o movia no presente aos “nortes” da sua própria bússola. Os efeitos colaterais disso nunca foram muito fáceis, a sua dificuldade de conviver com o mundo real sempre foi um sofrimento. Inquietação essa que se atenuou com a maturidade, e após os 60 anos ele começou a se sentir na plenitude da vida.


Porém essa dialética presente-futuro o transformou em um futurista neurótico, com uma lógica que muitos não enxergavam, mas, segundo ele próprio, quando o futuro virava presente, todos a percebiam. Maurício sempre se complementou com pessoas que eram exatamente o seu oposto, práticas e pragmáticas, e, no final, isso potencializou a sua vida e a de quem esteve ou está ao seu lado.


Cursou Administração de Empresas por três motivos: em primeiro lugar, por amar pessoas; em segundo, porque teve a descoberta do planejamento estratégico (como chegar ao futuro de forma estruturada); e, terceiro, pela compreensão de juros compostos (como ter futuro poupando no presente). E, segundo ele, faria tudo de novo. Depois, estudou Marketing, dentro de um contexto parecido, acrescido da possibilidade de construir soluções únicas e quase impossíveis, porém com metodologia. Aprendeu a estruturar “mapas de navegação” para a sua vida, para muita gente e, principalmente, para muitas em - presas para as quais trabalhou e trabalha.


Hoje é consultor, conselheiro, CEO de outros negócios e tem uma vida intensa. Seu principal feito, acredita, foi conectar pessoas e fazê-las sonhar e acreditar que é possível.


Os anos de 2017 e 2018 foram anos terminais de um modelo falido de país, que, na verdade, incluem mais anos para trás, segundo Maurício. O Brasil esqueceu o que se julga razoável nos princípios universais. “Triste época em que se vive, porém, ainda assim, continua-se vivo. Só o aprendizado qualifica, para tentar evitar barbaridades futuras, tanto sociais quanto econômicas”, pontua. Porém os anos referidos foram de mais uma virada na vida de Maurício. Fechando um ciclo na empresa que vendeu aos americanos - a Agência TUDO - e começando novos projetos na Giros Filmes (produtora audiovisual) e na Mundo Real (Consultoria de Marketing). E desde sempre no EVA, bloco carnavalesco que completa 40 anos – que, para ele, foi o melhor projeto que já fez na vida.


“Tenho um olhar hoje que tal - vez explique o sucesso de 40 anos. Nunca imaginamos que o EVA viraria um negócio, que duraria muito e que conquistaria um país. Algo nos fez seguir e em algum momento, depois de sucessivos lucros, questionamos se não tinha ‘cara de um negócio’. Precisou que a história esfregasse isso em nossa cara. Hoje, confesso, o EVA é o melhor projeto que fiz em toda a minha vida, não só em resultados financeiros, mas pelo impacto que gerou em três ou quatro gerações, as conexões de amores, paixões, felicidade, famílias que se formaram, amizades construídas, tudo através da música, dos eventos, dos blocos, de nossos compositores e artistas”, enfatiza.


Maurício também é mentor em um projeto do SEBRAE-BA, conselheiro do Hospital Irmã Dulce e voluntário de uma Cia. de Teatro, a “BR116,” em São Paulo, junto com Cris Olivieri, Bete Coelho e Gabriel Fernandes. “Mais um ciclo ao lado de pessoas maravilhosas”, define.


Com relação aos avanços da sociedade, Maurício questiona: “Estamos condenados a ter péssimos governantes e líderes? Ou somos péssimos nas escolhas de quem nos representa? É um contrassenso termos uma sociedade que avança, empresas maravilhosas, um povo criativo, correto e maravilhoso, uma população majoritariamente honesta versus uma representação política pífia, medíocre, que só atrapalha a nossa vida para o privilégio de poucos”. Ele frisa não saber se o Brasil avançará na proporção que desejamos, porém acredita que a sociedade já começa a despertar e andar para frente.


Sua contribuição e a de suas empresas para o avanço do país é trabalhar 24 horas por dia, sete dias na semana, 365 dias no ano. Contra o trabalho nunca viu ninguém vencer por muito tempo. “Trabalhar, para mim, é me divertir construindo. Amo!”, finaliza.

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png