Baianês

Por: Roberta Magalhães


Ah, mas não tem coisa melhor que exaltar a nossa cultura, né não? Quem conseguir passar um dia sem falar “rapaz…” ou “massa” que atire a primeira pedra! Agora com esse calor todo, pelo amor de Deus que essa pedra seja de gelo, viu? Rs.. Bem, eu por exemplo não tenho a menor capacidade de não praticar meu baianês fluente, tenho sotaque “como quê” e te garanto: é tão mais real escrever como se fala… Até porque, quem encontra um amigo na rua e o aborda falando “venho por meio desta, informar-lhe sobre o ocorrido”? Me perdoem os que fazem, mas se colocasse essa frase no Google tradutor do baianês raíz, teríamos certamente como resultado “rapaz, cê num tá ligado da colé não…”


Nós baianos, temos literalmente um dialeto próprio que só a gente entende e convenhamos, vamos usando quase todos os termos no automático, né? Digo isso porque depois que me mudei de Salvador e obviamente continuei usando as nossas expressões, e diga-se de passagem com muito orgulho, passei a me questionar de onde tiramos algumas delas.

Por exemplo, baiano não fala “eu não vou” fala “quem vai é o coelho”. Por favor, alguém me ajude a interpretar a escolha do coelho. Será que porque se trata de um animal rápido e ágil? Será que é porque o Coelho sempre está correndo? Já pesquisei a origem dessa expressão em alguns lugares e ainda não encontrei, mas também não me surpreendi porque não é a gente que tem que pesquisar no google né, no caso do baiano é o google que tem que pesquisar a gente.. Rs

Bem, fica aí a reflexão do dia mas tenho certeza que seja qual for a explicação pro coelho, tem um pouco de humor no meio, como tudo que vem da gente.

Ah, e uma dica tá? Se você for receber um amigo “de fora” deixe ele aprender como se fala aqui na Bahia. O nosso baianês é a nossa cultura, é nosso patrimônio, nossa identidade, é o que nos faz ser únicos e tem que ser sempre motivo de orgulho. E além disso, quando você viaja, não tem que aprender a língua local? Então pronto, deixe que adaptem-se ao nosso território e se precisarem de uma ajudinha, o @baianes_oficial está aqui pra isso!

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png