Após dar à luz em coma por covid-19, mulher abraça filha pela primeira vez



Angela Primachenko, finalmente, conseguiu abraçar sua filha recém-nascida. A mulher tinha dado à luz no dia 1º de abril, enquanto estava em coma induzido por causa do novo coronavírus, e, quando acordou, sua bebê, Ava, já tinha cinco dias. Porém, a russa radicada nos Estados Unidos precisou esperar até que os resultados para a doença dessem negativo para que pudesse pegar a menina no colo.


O caso de Angela ocorreu na cidade americana de Vancouver, em Washington. Ela começou a apresentar sintomas de coronavírus em 22 de março, quando estava com 33 semanas de gestação. Em 29 de março, já fraca, os médicos decidiram induzir o coma para que ela pudesse usar toda a sua energia no combate à doença. O parto foi induzido no dia 1 de abril, e ela deu à luz uma menina saudável.

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png