Andréa Castro: um cantinho para o desabrochar


Andréa Castro é colunista de Decoração da Let's Go Bahia

Andréa Castro Colunista da Let's Go Bahia


Para além do aspecto estético, as decorações de quartos infantis buscam, cada vez mais, valorizar a capacidade que o ambiente possui de proporcionar interação, desenvolvimento motor e autonomia. Foi-se o tempo em que as preocupações ao arrumar o quarto giravam em torno dos objetos decorativos, cores e o papel de parede da moda.


Os profissionais que desenham a decoração infantil buscam criar ambientes lúdicos que não só proporcionem bem-estar, mas também contribuam para o desenvolvimento dos pequenos.

Já fomos crianças. Nunca se esqueçam...


A obra clássica “O Pequeno Príncipe” sempre foi inspiração para muitos projetos. Na decoração não seria diferente. Mas tinha que ser feito de forma diferente. Um modelo bem-sucedido dessa proposta foi o quarto temático desenvolvido pela Manarelli e Guimarães Arquitetura, com escritórios em Salvador e São Paulo. O quarto pertence à rede de hotéis Sofitel, no Guarujá (SP), e foi feito em parceria com o grupo que detém os direitos de uso e imagem do Pequeno Príncipe na América Latina.


“A ideia da rede era criar um cenário especial para o período de férias e reportar a criança para dentro do livro, de forma inovadora”, afirma a arquiteta Ana Paula Guimarães. O aviãozinho do personagem se transformou em uma cama, uma máquina interativa para que a criança possa brincar dentro dela, e o teto ganhou ares do céu ilustrado no livro. “Ambientes como esse ajudam a criança a se sentir confortável e protegida, além de promover a criatividade”, ressalta o arquiteto Thiago Manarelli.


Uma extensão de si mesmo


Ambientes inspirados no modelo montessoriano também trazem um cuidado especial em estimular a independência da criança. A arquiteta Cristina Chaves recebeu uma proposta desafiadora para projetar um quarto criativo, personalizado e funcional para a pequena Maria em um espaço reduzido. “Usei elementos lúdicos como a casinha, o puxador de coração, cama tipo deck, banquinho em forma de elefante, sem deixar de contemplar a funcionalidade”, conta a arquiteta.


As paredes viraram um céu cheio de nuvens. A iluminação deu ênfase aos elementos utilizados e à leveza. Na roupa de cama foram usados diversos tecidos e formas de almofadas, criando algo bem personalizado. “As cores também são um ponto forte nesse quarto, e para dar a sensação de amplitude, especificamos uma parte da parede em espelho”, completa.


Um clássico é sempre um clássico


Para fechar, não poderíamos deixar de mostrar um estilo mais clássico, que segue encantando gerações. A arquiteta Mariana Gurgel projetou um quarto belíssimo para outra pequena Maria. Detalhes de boiserie foram aplicados na parede e os tons neutros predominaram no enxoval assinado pelo Ateliê Nunes, com bordados no tom de rosa seco. A arquiteta usou ainda um piso em madeira natural que compõe com o berço, dando mais aconchego e personalidade ao quarto.


“Para complementar cada projeto, busco mesclar o moderno e o clássico, tornando-o contemporâneo”, relata Mariana. Na produção final, a arquiteta valoriza objetos de arte, texturas, tecidos e flores naturais. Seja lá qual for o estilo, o mais importante ao se pensar em projetos de quartos para crianças é permitir aos pequenos segurança e acolhimento, fruto do amor que a família lhe proporciona. Afinal, citando mais uma vez o Pequeno Príncipe, “o essencial é invisível aos olhos”.

Av. Professor Magalhaes Neto, 1856, sala 603, Caminho das Árvores, Salvador Bahia.

CEP: 41810-011

Telefone:  +55 71 ‭3042-2440 

Nossos Contatos:            comercial@letsgobahia.com.br            financeiro@letsgobahia.com.br               redacao@letsgobahia.com.br 

  • Branco Facebook Ícone

©2019 V2M Editora Ltda.

Timbrado-Baseforte.png